Coliseu dos Recreios
CIRCO DE NATAL DO COLISEU DOS RECREIOS 2022
06 dez 2022
a 25 dez 2022
Detalhes Comprar
CIRCO DE NATAL DO COLISEU DOS RECREIOS 2022
CIRCO DE NATAL DO COLISEU DOS RECREIOS 06 DEZEMBRO A 25 DEZEMBRO 2022
1 | 2 | 3 | 4 | 5

GIL SEMEDO | 30 ANOS DE CARREIRA

Música & Festivais | Concerto 17 mar 2023 às 21:30

Gil Semedo

30 anos de carreira celebrados em concerto especial no Coliseu dos Recreios

Gil Semedo está a celebrar três décadas de um percurso musical repleto de sucessos. As celebrações começaram em agosto, n’O Sol da Caparica mas, a grande festa está agendada para dia 17 de março de 2023, a partir das 21h30, no Coliseu dos Recreios.

Ao som do estilo que o próprio batizou de ‘Caboswing’ - música pop dançante de Cabo Verde – este vai ser um espetáculo único, construído apenas para este momento de celebração e que todos os presentes, certamente, vão guardar na memória e no coração.

Mais do que a comemoração de um aniversário, esta é uma noite que se espera memorável, reflexo da entrega e agradecimento de um artista por uma carreira que se tem vindo a escrever de verdade.

Dos temas mais antigos, como “Maria Julia”, “Suzi” ou “ Sweet Honey”, ao mais atual “Gostu Sabi ft Calema, Soraia Ramos & Mito Kaskas”, Gil Semedo prepara-se para interpretar as canções mais marcantes dos seus primeiros 30 anos de carreira de uma forma única.

Ao artista, considerado um dos mais conceituados músicos cabo-verdianos, juntar-se-ão ainda convidados especiais, a anunciar brevemente.

Ver mais »

ANA MOURA | CASA GUILHERMINA

Música & Festivais | Concerto 19 mar 2023 às 21:00

Depois do entusiasmo com que foi recebido o mais recente disco de Ana Moura“Casa Guilhermina”, bem como o sucesso das ações dos Armazéns do Chiado e do concerto de apresentação exclusivo no Super Bock em Stock, Ana Moura vem agora convidar-nos para um concerto imperdível, a 19 de março, no Coliseu dos Recreios em Lisboa.


Voz de referência nacional, Ana Moura está já a preparar uma performance inédita para estes que serão, além de muito especiais para a artista, certamente dos concertos mais aguardados do próximo ano, para quem conseguir agarrar bilhete!

Ver mais »

"DIOGO" - LUÍS FRANCO-BASTOS

Teatro & Arte | Stand-Up 24 mar 2023 às 22:00

"Diogo" era o nome pelo qual os pais de Luís Diogo Roda Madureira Franco-Bastos o tratavam na infância, com o intuito de o distinguir de Luís, seu pai, ou de Luís Miguel, seu irmão. Os Franco-Bastos ficarão na história por várias razões - criatividade para nomes não será certamente uma delas.

"Diogo" é um relato e uma desconstrução humorística de experiências, de muitas memórias, questões íntimas e familiares. Ao invés de falar dos outros, Luís Franco-Bastos vira o espectáculo para si próprio como nunca o fez.

Ver mais »

dEUS

Música & Festivais | Concerto 02 abr 2023 às 21:00

A banda belga dEUS acaba de anunciar a sua tour Europeia que vem no seguimento do lançamento do novo álbum How To Replace It. A passagem em Portugal acontece no dia 2 de abril do próximo ano, no Coliseu dos Recreios em Lisboa.


How To Replace It é o oitavo álbum de estúdio e o primeiro em dez anos - com edição prevista no dia 17 de fevereiro de 2023. É este o álbum que dá o mote para a tour Europeia e que se destaca por ser distintivo e inventivo, melódico mas desafiadoramente desequilibrado. “Tu não te queres repetir, mas tens o teu próprio estilo”, diz Tom Barman, vocalista e líder dos belgas art-rockers. “Queres experimentar coisas novas e apenas reagir ao que parece novo no momento.”


Este álbum é único, mas acima de tudo, é inconfundivelmente dEUS. Dez anos parece muito tempo, mas a banda nunca esteve longe do público. Houve a compilação Selected Songs 1994-2014 para montar, a digressão "Soft Electric", inúmeras aparições em festivais e aniversários para comemorar – especialmente o do álbum The Ideal Crash, que já tem 20 anos; ou uma tour Europeia de 65 datas que demorou mais de um ano em preparação e execução.


“As coisas demoram sempre mais do que pensamos”, diz o cantor laconicamente, “mas este não foi um projeto de dez anos”. Não foram nem quatro anos e, embora tenham sido definidos planos concretos em 2018, houve ensaios, a tour do The Ideal Crash e, claro, a pandemia. Mas a forma de trabalhar da banda também mudou. Nos dois discos anteriores, as jam sessions foram longas e estruturadas – cinco dias por semana, do meio-dia às 18h – com músicas a serem moldadas e desenvolvidas ao longo do tempo. How to Replace It, no entanto, surgiu durante sessões curtas mas mais intensas e explosivas.
Vinte e oito anos após o álbum de estreia, dEUS continuam firmes na cena indie, procurando avançar sempre com uma curiosidade infinita e uma inquietude criativa.


“Depois de tantos anos, queremos fazer o máximo de festivais possível e tocar em vários lugares”, diz Barman. “Mal podemos esperar para trazer estas músicas a palco.”
dEUS chega ao palco do Coliseu dos Recreios no dia 2 de abril de 2023, para o concerto de apresentação de do 8º álbum e o reencontro com o público Português.

Ver mais »

ZÉ NETO E CRISTIANO

Música & Festivais | Concerto 03 abr 2023 às 22:00

Comunicado Oficial

 Informamos que os espectáculos de Zé Neto e Cristiano, agendados para os dias 18 Porto e 21 Lisboa de Novembro, no Pavilhão Multiusos de Gondomar e no Coliseu dos Recreios foram adiados por motivo de doença do cantor Zé Neto. A GS produções lamenta profundamente e deseja as rápidas melhoras a Zé Neto. Os concertos da maior dupla sertaneja, Zé Neto e Cristiano já têm novas datas:

31/03/2023- Porto Multisusos Gondomar

03/04/2023- Lisboa Coliseu dos Recreios

Gostávamos de voltar a contar com todos neste reencontro, contudo para quem não conseguir estar presente o reembolso será até o dia 30 dezembro de 2022. Muito obrigada pela compreensão.

Ver mais »

PEDRO ABRUNHOSA CONVIDA PAULO RIBEIRO E OS CAMPONESES DE PIAS

Família | Circo 22 abr 2023 às 21:30

Preparado para abraçar de novo os grandes palcos, Pedro Abrunhosa anuncia dois concertos nos Coliseus acompanhado pelo Grupo Coral e Etnográfico Os Camponeses de Pias, dirigido por Paulo Ribeiro, num feliz encontro onde as linguagens musicais se mostram surpreendentemente permeáveis entre si. Pedro Abrunhosa, viajante, escritor, homem de palco por excelência, é em digressão que se reencontra consigo mesmo. Como autor e intérprete, Pedro Abrunhosa continua a ser movido pela força da escrita, génese da sua total entrega em palco.

 Enquanto ultima os seus 9° e 10º discos de originais, com edições espaçadas mas coordenadas, Pedro Abrunhosa segue incansável sendo estes espectáculos, também, um tributo ao Cante Alentejano, Património Imaterial da Humanidade, e matéria estética que sempre fascinou o músico.

Ver mais »

LIL TECCA

Música & Festivais | Concerto 28 abr 2023 às 21:30

Lil Tecca adia estreia em nome próprio no Coliseu dos Recreios para 28 de Abril de 2023

O concerto de estreia em nome próprio de Lil Tecca em Portugal, previsto para 7 de Novembro de 2022 no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, foi adiado para sexta-feira, dia 28 de Abril, na mesma sala. O motivo do adiamento deve-se a motivos logísticos da decorrente digressão europeia do artista, pelo que os bilhetes previamente adquiridos se mantêm válidos para a nova data, não sendo necessário proceder à troca dos mesmos.

A nova data do rapper norte-americano insere-se na digressão europeia que teve início a 12 de Outubro na Suíça, tendo passado por Espanha, Luxemburgo, França, Irlanda, Inglaterra, Alemanha, Países Baixos, Dinamarca e Noruega antes de chegar a Portugal.

Cantor, compositor e rapper, Lil Tecca é um verdadeiro fenómeno da sua geração. Com inspirações que vão desde do Pop ao Rock até ao Rap, Lil Tecca teve uma rápida ascensão ao estrelato com a música Ransom, single da mixtape de estreia We Love You Tecca, que atingiu os 400 milhões de streaming no Spotify, 380 milhões de views no Youtube e atingiu a quarta posição no Billboard Hot 100.

O mixtape We Love You Tecca também foi altamente aceite pelo grande público, tendo alcançado o Top 20 da Billboard 200 em países como os Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Suécia, entre muitos outros. Desde então, o artista editou com sucesso o álbum de estreia Virgo World e o segundo álbum de estúdio We Love You Tecca 2. 

Lil Tecca estreia-se em Portugal em nome próprio no dia 7 de Novembro para demonstrar todo o talento que o levou à ribalta do panorama musical mundial. Esta será a oportunidade para assistir ao vivo aos seus maiores êxitos como Love Me, LOT OF ME e Out Of Love, assim como os mais recentes projectos do artista.

Ver mais »

ESPONTÂNEO | CAMPEONATO MUNDIAL DE IMPROVISO 2023

Teatro & Arte | Teatro de 05 mai 2023 a 06 mai 2023

O Espontâneo - Festival Internacional de Teatro de Improviso acolhe em 2023 e pela segunda vez em Portugal, o Campeonato Mundial de Improviso. No palco do Coliseu dos Recreios as melhores selecções nacionais vão defrontar-se numa competição teatral na qual o público é o juiz soberano. Os melhores improvisadores do mundo combatem nesta arena improvisada, pelo título mundial e pelas gargalhadas da plateia. Um grande evento que promete ser ainda mais hilariante de todos os campeonatos. Afinem a voz, metam a mão no peito, agitem as bandeiras e votem...

 

1, 2, 3.... Impro!

Ver mais »

ANA CAROLINA CANTA CÁSSIA

Música & Festivais | Concerto 13 mai 2023 às 21:30

ANA CAROLINA REGRESSA A PORTUGAL COM A TURNÊ “ANA CANTA CÁSSIA - ESTRANHO SERIA SE EU NÃO ME APAIXONASSE POR VOCÊ”

A turnê, produzida pela Mundo Propício e Opus Entretenimento, já possui apresentações confirmadas em Lisboa e no Porto, nos dias 13 e 14 de Maio de 2023.

Nomear uma turnê nem sempre é uma tarefa fácil para um artista. Para Ana Carolina, porém, foi diferente desta vez. “Ana canta Cássia – Estranho Seria Se Eu Não Me Apaixonasse Por Você” é um show inteiramente dedicado ao repertório de incontáveis sucessos da, até hoje, inigualável Cássia Eller, revisitados na voz de uma das mais importantes cantoras da Música Popular Brasileira.

Mais do que cantar o repertório de Cássia, Ana faz uma viagem pessoal no tempo. A turnê é uma conexão direta com a jovem garota mineira, que aos 16 anos ouviu Cássia pela primeira vez, apaixonou-se e nunca mais deixou de ser fã de camiseta, como se define.

“São sentimentos muito contraditórios quando penso neste show. Primeiro, jamais imaginei que seria possível um dia poder cantar o repertório da Cássia. Obviamente era um sonho íntimo, desde antes do início da minha carreira. Quis o destino que agora, em pleno 2022, quando Cássia faria 60 anos, que esse projeto surgisse e fosse sugerido justamente para mim”, diz Ana Carolina.

“Ana canta Cássia – Estranho Seria Se Eu Não Me Apaixonasse Por Você”, uma turnê da Mundo Propício e Opus Entretenimento tem direção do premiado Jorge Farjalla, e tem diversas apresentações confirmadas por algumas das principais cidades do Brasil e agora em Portugal.

Influência e acolhimento – tudo começou no ano de 1990, quando a jovem Ana Carolina Souza com apenas 16 anos, moradora de Juiz de Fora ouviu “Cássia Eller – Disco 1”, álbum de estreia da cantora carioca, e até hoje um dos prediletos de Ana. O impacto foi imediato. “Eu tive a certeza naquele momento que aquela voz potente vinha pra ficar pra sempre e que jamais haveria outra igual”, relembra Ana Carolina.

“Tudo no universo musical da Cássia me influenciou. Aquela voz feminina com tanta presença e personalidade. Eu dava meus primeiros passos na música e não tenho a menor dúvida que dali tirei muito da minha formação musical e do que achava ser importante ter nas canções e no palco. Não sei se é verdade ou não, mas existe uma história meio folclórica que, anos depois, quando gravei meu primeiro disco, as pessoas

ouviam ‘Garganta’ e grande parte delas achava que era a própria Cássia cantando. Acho isso engraçado, claro, mas também fico extremamente honrada”, se diverte.

A influência de Cássia no DNA de Ana extrapola o universo artístico e tem profundidade no âmbito pessoal. Foi Cássia, a primeira figura pública assumidamente bissexual, que serviu de espelho para que a ainda jovem mineira também se entendesse e futuramente se tornasse referência para tantas pessoas quando o assunto é sexualidade.

“Era absolutamente lindo ainda em 1990, uma mulher tão à frente do seu tempo, com uma postura libertária e sem a preocupação do que as pessoas pensavam dela e de sua sexualidade. Isso tudo colocado com imensa naturalidade. Eu via aquela potência e pensava: ‘Ela me representa’. Ali também comecei a me entender, entender minha sexualidade. Comecei a entender que poderia naturalmente namorar também com meninas, sem me preocupar com o que os outros achavam. Foi libertador.”, relembra. “Hoje ouço muitas vezes de fãs e mães de fãs como minha postura ajudou suas famílias a lidarem com a questão. Fico feliz em fazer parte disso e me dar conta que o meu próprio ciclo começou justamente com a referência tão incrível da Cássia”.

Anos mais tarde, em 1997, quis o destino que Cássia Eller tomasse conhecimento do trabalho da estreante cantora Ana Carolina que, numa ida ao Rio de Janeiro, acabou sendo acolhida por seu ídolo de maneira generosa em sua própria casa. “Aquele gesto simples reverbera em mim até hoje. Eu chegava no Rio para um show e a Cássia cedeu espaço para mim dentro de seu apartamento. Era o começo da minha carreira e tudo era muito difícil. Tão difícil que ela ainda fez questão de contratar meu primeiro roadie, para carregar e afinar o violão para este show. Eu não estava sequer habituada com isso ainda. Foi inesquecível vê-la na plateia torcendo por mim”, diz.

No ano seguinte, Ana Carolina gravou seu primeiro álbum (lançado em abril de 1999) e começou a escrever a história de uma das mais bem sucedidas carreiras da MPB recente. “Essa turnê que faço hoje é muito mais que uma merecida homenagem. É sobre acolhimento. Cássia me acolheu como fã, como jovem buscando entender meu lugar no mundo e finalmente como artista. Se eu pudesse falar uma única frase para ela hoje, seria justamente essa: Estranho seria se eu não me apaixonasse por você”.

Um show em cinco atos – Dirigido por Jorge Farjalla, “Ana canta Cássia – Estranho Seria Se Eu Não Me Apaixonasse Por Você” tem um esqueleto teatral ao passear por cinco atos, que serão conduzidos por músicas que remetem a cada um deles: “Cartas”, logo na abertura do show, traz canções que se comunicam em estado de poesia pura; “Palavras” começa a investigar outros universos das duas cantoras, incluindo a paixão mútua pelo samba; “Sabotagem” é um momento da Cássia debochada e cheia de questionamentos sobre o status quo, enquanto “Girassol” traz de volta a delicadeza para a coroar a celebração. O último bloco é, claro, um bis cheio de surpresas que serão desvendadas com a estreia da turnê.

Ana Carolina se apresenta ao lado de uma banda composta Juliano Valle (teclados, programações, voz), Theo Silva (guitarras e violões), Lancaster Pinto (baixo e voz), Thiago Faria (violoncelo e voz), Cesinha (bateria, cajon, Kokoriko e voz), Leonardo Reis (percussão, cajon, Kokoriko e voz).

Para chegar no repertório, Ana Carolina estudou a extensa discografia por meses até chegar num setlist ideal que retratasse a grandeza de Cássia Eller. “Tocamos as versões originais à exaustão para entender minuciosamente cada uma delas. Só aí que começamos a repensar em arranjos, para trazer uma releitura que conversasse comigo e que não renunciasse o DNA de Cássia em nenhum momento”.

“Dentro do meu universo, espero com essa turnê retribuir de alguma forma todo o carinho e acolhimento que recebi da Cássia. Meu desejo é que essa obra e artista tão potentes se mantenham vivas, conheçam novos públicos e que permaneçam sempre no imaginário do brasileiro. Cássia merece todo nosso amor”, finaliza.

Sobre Ana Carolina - Cantora, compositora, arranjadora, produtora, instrumentista, musicista e artista plástica, Ana Carolina lançou seu primeiro disco em 1999; hoje, sua carreira já inclui 12 álbuns, seis DVDs e mais de cinco milhões de discos vendidos. Entre outros, ganhou sete vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, três vezes o Troféu Imprensa e uma vez o Prêmio TIM de Música. O primeiro grande sucesso, “Garganta”, viria já no primeiro álbum. Depois dele, emplacou cerca de 30 singles nas paradas brasileiras.

As composições da artista já foram gravadas por nomes importantes como Maria Bethânia, Gal Costa, John Legend, Esperanza Spalding, Chiara Civello, Jorge Vercillo, Mart’nália, Zizi e Luiza Possi, Pedro Camargo Mariano, Preta Gil, entre outros. Em suas composições fez parcerias com Seu Jorge, Luiz Melodia, Gilberto Gil e Guinga, entre muitos outros.

Em 2009, quando completou 10 anos de carreira, lançou o álbum “N9ve”, no qual destaca-se a canção “Entreolhares (The Way You’re Looking at Me)”, em um dueto com o cantor, compositor e pianista americano John Legend. A canção alcançou o topo da Billboard Hot Songs (Rio de Janeiro), e o 34° na Billboard Hot 100 Airplay. No mesmo ano, lançou a coletânea de canção, “Ana Carolina + Um”, com duas canções inéditas e participação de vários cantores, entre eles, Maria Gadú, Maria Bethânia, Roberta Sá, Totonho Villeroy, entre outros. Em 2012 gravou duetos com astros da música internacional, como Tony Bennett e Alejandro Sanz, e seu CD #AC trouxe a cantora dividindo os microfones com Chico Buarque.

Em 2019, Ana Carolina lançou seu mais recente álbum, “Fogueira em Alto Mar”, primeiro trabalho de inéditas em pouco mais de 6 anos. Ele reflete toda a excelência, empenho e musicalidade que a deixaram conhecida no mercado nacional e internacional.

Agora em 2022, sai em turnê nacional do projeto “Ana canta Cássia – Estranho Seria Se Eu Não Me Apaixonasse Por Você” em que celebra a obra inigualável de Cássia Eller no ano em que faria 60 anos.

Atualmente, Ana Carolina contabiliza cerca de seis milhões de seguidores em suas redes sociais.

Sobre Cássia Eller - cantora, compositora e multi-instrumentista brasileira. Foi uma das maiores representantes do rock brasileiro dos anos 90 e eleita a 18ª maior voz e a 40º maior artista da música brasileira pela revista Rolling Stone Brasil. Lançou cinco álbuns de estúdio em vida: Cássia Eller (1990), O Marginal (1992), Cássia Eller (1994), Veneno AntiMonotonia (1997) e Com Você... Meu Mundo Ficaria Completo (1999). Seu sexto álbum de estúdio, Dez de Dezembro (2002) foi lançado postumamente. O álbum mais bem-sucedido de Cássia foi o Acústico MTV (2001), com mais de um milhão de cópias vendidas e um prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock.

Cássia morreu aos 39 anos em 29 de dezembro de 2001, após um infarto do miocárdio causado por uma malformação de seu coração.

Ver mais »

GALA D'ÉTOILES | ESTRELAS E SOLISTAS DA DANÇA MUNDIAL

Teatro & Arte | Bailado 21 mai 2023 às 17:00

COMUNICADO  ADIAMENTO ESPECTÁCULO

Estimado público.

A Classic Stage informa que o espetáculo Gala DÉtoiles, Estrelas e Solistas da Dança Mundial programado para o dia 20 de Maio de 2022, foi adiado para o dia 21 de Maio de 2023, Domingo, às 17:00.

O bilhete já adquirido é válido para a nova data.

Os portadores de bilhete podem solicitar o reembolso diretamente no ponto de compra, até 30 dias depois da data do evento adiado. Lamentamos o inconveniente causado.

Contamos com a sua presença! Obrigado.

a CLASSIC STAGE.

GALA DÉTOILES Estrelas e Solistas da dança Mundial Estrelas do Teatro Mariinsky, Teatro alla Scala, Ballet da Ópera Nacional de Kiev, Russian Classical Ballet, num grande espetáculo de Ballet, sem precedentes. Direção Artística de EVGENIYA BESPALOVA, com PETRA CONTI, TATIANA TKACHENKO, IVAN OSCORBIN, KATERYNA KUKHAR, OLEKSANDR STOYANOV, entre outras estrelas da Dança Mundial. Duração 105 min. com 15 minutos de intervalo. M/6. Um espetáculo memorável com Estrelas e Solistas da dança Mundial. Assista aos mais belos e emblemáticos Pas de Deux do repertório clássico. Evgeniya Bespalova lidera a direção artística deste espetáculo, com um elenco Internacional de luxo. Repleto de artistas de prestigio, a Gala DÉtoiles apresenta um leque de executantes que exibem uma qualidade técnica extraordinária. Petra Conti e Eris Nezha, estrelas do Teatro alla Scala e Los Angeles Ballet, lideram um leque de estrelas da dança mundial composto por outras estrelas e solistas principais como a Prima-Ballerina do Ballet da Ópera Nacional de Kiev Katerina Kukhar e Oleksandr Stoyanov os prestigiados solistas Principais do Teatro Mariinsky Tatiana Tkachenko e Ivan Oscorbin e a Prima-Ballerina e o solista Principal da Russian Classical Ballet Evgeniya Bespalova e Denis Karakashev. Artistas laureados e presenças habituais nos grandes palcos Mundiais! O espetáculo concebido por Evgeniya Bespalova, é formado por obras maestras do grande repertório da dança clássica, abrangendo distintos coreógrafos como Marius Petipa, Vasily Vainonen, Lev Ivanov, mas também Mikhail Fokin e Alexander Gorsky. Fazem parte do programa Pas de Deux emblemáticos do grande repertório da dança clássica com Black Swan Pas de Deux Lago dos Cisnes, Pas de Deux Esmeralda, Grand Pas de Deux Dom Quixote, Pas de Deux Corsário, Pas de Deux O Quebra-Nozes, e Carmen Suite, mas também A Morte do Cisne ou Gopak, entre outras. Obras-primas coreográficas que se eternizaram pela sua beleza, dramatismo e riqueza técnica; peças criativas que revelam a genialidade dos seus criadores compositores e coreógrafos perpetuando o seu legado. Uma Gala sem precedentes de homenagem à Dança. Aceite o nosso convite e assista ao espetáculo que irá celebrar a Dança Clássica. Assista a diversas obras-primas de grandes compositores, bailadas por estrelas internacionais da dança Mundial. Um momento imperdível e memorável que irá certamente querer partilhar. Rigorosamente a não perder!!! * o programa do espetáculo e o elenco de artistas poderão ser alterados sem aviso prévio da produção

Ver mais »
1 | 2 | 3 | 4 | 5

Que espectáculos gostaria de ver no coliseu:

Responder
Agenda de Espectáculos
«dezembro de 2022»
sábdomsegterquaquisex
262728293012
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31123456

Muppie 185

 

Plasmas 185

Produzido por ETNAGA para Coliseu dos Recreios - Todos os Direitos Reservados

Principais Apoios:

BOL - Sistema de Gestão de Bilheteiras
 

Muppie