Coliseu dos Recreios
Arch Enemy & Behemoth|The European Siege 2022|Carcass e Unto Others
07 out 2022
18:30
Detalhes Comprar
Arch Enemy & Behemoth|The European Siege 2022|Carcass e Unto Others
Arch Enemy & Behemoth The European Siege 2022|Carcass e Unto Others
1 | 2 | 3 | 4 | 5

Arch Enemy & Behemoth|The European Siege 2022|Carcass e Unto Others

Música & Festivais | Concerto 07 out 2022 às 18:30 ARCH ENEMY BEHEMOTH The European Siege 2022 Tour [special guests]:CARCASS UNTO OTHERS (ex-IDLE HANDS) 7 de Outubro 2022 - Coliseu de Lisboa NOVA DATA! MUDANÇA DE SALA! Originalmente agendado para Outubro deste ano, na Sala Tejo, o regresso dos ARCH ENEMY e BEHEMOTH a Portugal foi reagendado para 7 de Outubro de 2022, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Depois de dois anos de paragem forçada pela pandemia e muita antecipação em relação a um hipotético regresso aos concertos, os suecos ARCH ENEMY e os polacos BEHEMOTH vêm-se agora forçados a adiar a colossal The European Siege Tour. Nem tudo são más notícias, no entanto, uma vez que as bandas lideradas por Alissa White_Gluz e Nergal, respetivamente, vão estar de regresso à estrada no Outono de 2022, para uma digressão que promete ficar marcada na memória de todos os que comparecerem ao apelo de duas das bandas mais icónicas e bem sucedidas! que a música extrema tem para oferecer. Os titãs do death metal melódico e os porta-estandartes de uma sonoridade que tanto vai beber ao death como ao black metal, juntam assim forças nesta rota em co-headlining, que inclui uma paragem em Portugal, no dia 7 de Outubro do próximo ano, no Coliseu Dos Recreios, em Lisboa. Na primeira parte atuam, como convidados especiais, as lendas britânicas do death metal CARCASS e os muito promissores norte-americanos UNTO OTHERS. Os bilhetes já adquiridos são válidos para a nova data. Os bilhetes para o concerto custam 38, à venda a partir de 23 de Agosto, nos locais habituais. Ver mais »

DYNAMO

Música & Festivais | Concerto 08 out 2022 às 21:30

Dynamo convida Djodje, Grace Evora, Loony Johnson e William Araújo para concerto no
Coliseu dos Recreios


O concerto de celebração dos dez anos de carreira de Dynamo, agendado para Lisboa, dia 8 de
outubro, no Coliseu dos Recreios, vai contar com convidados especiais. Num dia marcante, o cantor
vai partilhar o palco com Breyth, Djodje, Grace Evora, Josslyn, Loony Johnson, McACONDIZE,
Mc Gasolina, Mika Mendes e William Araújo.


Neste que será um espetáculo único, o músico afirma que será com redobrada alegria que subirá ao
palco do Coliseu na companhia destes artistas que tanto admira e com quem tem o privilégio de ter
trabalhado e acompanhar de perto os seus percursos musicais.


Cantor, compositor e produtor, Dynamo é um dos mais ouvidos no Spotify em Cabo Verde, com
um total de 300 mil ouvintes no Spotify, 50 milhões de visualizações no YouTube e outras tantas
centenas de milhar de seguidores nas diferentes redes sociais. O artista conta na sua discografia com
três álbuns de estúdio,


One
(2014),
Mirror
(2016) e
Independent
(2020) e está atualmente a
finalizar o próximo.
Da kizomba ao afro pop, o artista é autor de vários músicas de sucesso, como Encaixa e
Princesa, do seu primeiro álbum, Aperta, Tequila e Fica, do segundo e Setembro e Ka
Ta Consigui, de
Independent
 com o qual ganhou o prémio Álbum do Ano 2021, nos Cabo
Verde Music Awards  e que farão parte do alinhamento do concerto de dia 8 de outubro.
Para esta noite de celebração de uma década de sucessos, Dynamo prepara-se também para
apresentar-se aos fãs com temas inéditos que deverão integrar o seu quarto álbum, que ainda está
em fase de produção.

Ver mais »

TOM ODELL

Música & Festivais | Concerto 11 out 2022 às 21:30

O multi-platinado cantor e compositor britânico, Tom Odell, encerra a digressão Mundial em Portugal, no Coliseu de Lisboa, a 11 de Outubro.


 Os bilhetes já se encontram à venda aqui e nos locais habituais.


A música sempre fez parte da sua vida, escreve desde os 13 anos de idade e o sucesso e o reconhecimento chegaram em 2012 com o lançamento do EP Songs From Another Love, que recebeu o BRIT Critics Choice Award (Prémios de Música Britânica) no mesmo ano. Com uma intuição afinada, tanto pela atmosfera como pela melodia, as odes guiadas pelo piano de Tom Odell, dedicadas à mágoa e à dor, são matérias emocionais, cruas e muitas vezes silenciadas

.
Após 3 álbuns de platina em território britânico, Tom Odell editou em 2021 o seu quarto álbum de originais monsters, um trabalho mais intimista em que expõe os seus sentimentos sobre tudo, desde ansiedade ao capitalismo, da masculinidade tóxica à política. Eu ponho a minha mão por cima da chama, para ver se ainda sinto alguma dor, canta Tom Odell antes que as assustadoras e ofegantes camadas de batidas electrónicas cubram a música com uma esmagadora melancolia.


Num concerto onde irá apresentar o novo álbum, monsters, fica também a certeza de que irá haver espaço para revisitar alguns dos maiores êxitos do passado como Another Love, Cant Pretend, I Know, entre muitos outros.


A primeira parte do espectáculo contará com a actuação de OSKA, a talentosa jovem austríaca a quem lhe é reconhecido a franqueza e charme, do seu autêntico ser que aparece em lirismo honesto e melodias ternas.

Ver mais »

MACY GRAY + THE CALIFORNIA JET CLUB | THE RESET TOUR

Música & Festivais | Concerto 12 out 2022 às 21:30

Macy Gray & The California Jet Club – The Reset

 

Quando surgiu em 1999 com o muito aplaudido On How Life is, Macy Gray causou um impacto imediato. Graças ao tremendo sucesso de "I Try", que furou o Top 5 norte-americano, o álbum de estreia da cantora nascida no Ohio vendeu cerca de 7 milhões de cópias em todo o mundo, transformando-a quase instantaneamente numa estrela global. Ao longo da década seguinte os álbuns foram-se sucedendo a bom ritmo e Macy ergueu uma discografia sólida com 10 trabalhos originais, tornando-se presença assídua em palcos e festivais de todo o mundo. Paralelamente, a sua fortíssima imagem valeu-lhe uma igualmente aplaudida carreira no cinema, começando logo em 2001 com Training Day, filme com Denzel Washington. Fez depois sentir a sua icónica presença em outros grandes êxitos de bilheteira como Spider Man, For Colored Girls ou The Paperboy. O reconhecimento dos seus amplos talentos chegou também por via dos Grammys: foi nomeada uma dezena de vezes e conquistou uma estatueta para melhor performance vocal com o extraordinário "I Try".

 

Agora, Macy Gray está numa nova fase da sua carreira. Juntamente com o teclista Billy Wes, o baterista Tamir Barzilay e o baxista Alex Kyhn, trio de músicos prodigiosos e todos multi-instrumentistas com carreiras que se alargaram da pop e do country ao jazz e ao punk, Macy formou os California Jet Club, grupo que lançou o ano passado o fantástico The Reset. O grupo já se apresentou em programas de grande audiência como Jimmy Kimmel Live e deixou claro que está pronto para o mundo: música de sólida fundação soul-R&B, aberta a várias outras sonoridades (o grupo fez até uma versão do clássico dos Body Count de Ice-T, "Cop Killer") com letras que reflectem sobre a América moderna. Habituada aos palcos e distinguindo-se desde sempre como uma sólida intérprete ao vivo, Macy Gray faz agora aterrar o seu California Jet Club em Portugal para uma fulgurante e imperdível estreia em que à nova sonoridade do seu presente juntará os seus maiores clássicos.

Ver mais »

PAULO FLORES & YURI DA CUNHA

Música & Festivais | Concerto 14 out 2022 às 21:30

Paulo Flores + Yuri da Cunha
Coliseu dos recreios, Lisboa, 14 de Outubro


São dois enormes nomes da lusofonia, Paulo Flores e Yuri da Cunha, duas vozes que cantaram as suas Áfricas como ninguém, que transformaram em música o balanço particular das suas histórias, conquistando uma enorme audiência internacional e o reconhecimento amplo do seu próprio país, Angola, de que são símbolos incontornáveis neste presente. Agora, Paulo Flores e Yuri da Cunha vão encontrar-se num dos principais palcos dessa mesma lusofonia, o Coliseu dos Recreios de Lisboa, o “templo” apropriado para uma genuína celebração de amor, uma festa que convida à dança e à união através de canções que gerações sucessivas reclamaram como suas. E com eles levam até algo especial: No tempo das Bessanganas é um EP que gravaram juntos e que terá a sua antestreia em palco, uma ocasião única para espreitar um pouco do futuro que estão a planear os dois artistas.


Paulo Flores é uma referência incontornável da modernidade angolana, artista responsável por levar o semba ao mundo, carregando com ele as histórias, os sentires e os anseios de todo um povo, dando voz às memórias colectivas que fazem uma identidade e que às vezes até escapam aos livros de história. Ao longo de mais de 30 anos de carreira discográfica – o cantor iniciou-se cedo tendo gravado a sua estreia, Kapuete Kamundanda, disco de Agosto de 1988 onde saiu o clássico “Cherry”, com apenas 16 anos! -, Paulo Flores coleccionou incontáveis clássicos, gravou quase uma vintena de projectos, ajudou a transformar a kizomba num sucesso de popularidade e depois, mais tarde, abraçou o semba mais clássico de que se tornou um dos principais estetas graças a canções de coração fundo que sempre procuraram contar as histórias de vida do seu país. Recentemente ouvimo-lo cantar as dores e as alegrias da independência de Angola e a cruzar caminhos com um dos maiores nomes do rap cantado em português, Prodígio, membro dos Força Suprema.


Yuri da Cunha possui uma história igualmente rica, ele que, como Flores de resto, deu os primeiros passos por influência do pai, Henrique da Cunha, músico que tocava no celebrado e clássico grupo Os Kwanzas. E se a sua infância foi passada a experimentar ideias musicais e a aprender, foi em 1999 que deu os primeiros passos importantes quando gravou, já em Portugal, nos estúdios da Valentim de Carvalho, seu trabalho de estreia, É Tudo Amor, que lhe valeu aplausos e reconhecimento quase instantâneos. Vagueando com naturalidade entre o semba, a kizomba ou a rumba angolana, Yuri afirmou uma particular forma de cantar o amor, do mais romântico ao mais carnal, experimentando ao longo da sua discografia de tremendo sucesso diferentes ritmos, viajando pelo mundo, da África do Sul ao Brasil onde celebrou o carnaval em palco com a superestrela Daniela Mercury, nunca esquecendo as origens em vénias expressas na sua música a artistas como Bonga. Um percurso de uma riqueza imensa que até lhe valeu um prémio da MTV “Melhor Colaboração Africana” - é o único artista angolano a ter conseguido tal feito, prova de que levou a sua visão do semba a novos públicos.


E agora, é na Rua das Portas de Santo Antão, no centenário palco do Coliseu dos Recreios, que estes dois gigantes da canção angolana se vão cruzar. Os reportórios de Paulo e de Yuri são longos, recheados de êxitos daqueles a que as pessoas gostam de juntar as suas vozes, daqueles que têm o sabor de casa e o apelo do mundo. Juntos, Paulo Flores e Yuri da Cunha vão trocar clássicos, harmonizar os seus respectivos talentos, mostrar canções do novo EP e assinar aquele que será, certamente, um dos mais emotivos, efusivos e aguardados concertos do ano.



 

Ver mais »

MOULLINEX | DISCODRAMA

Música & Festivais | Concerto 15 out 2022 às 22:00

Moullinex apresenta Discodrama a 15 de outubro, no Coliseu dos Recreios, acompanhado pelos convidados especiais Peaches, Da Chick, Iwona Skwarek, Afonso Cabral, Selma Uamusse, Anna Prior, Xinobi e Justin Strauss, em mais de 6 horas de uma verdadeira celebração entre amigos

É já no dia 15 de outubro que Moullinex apresenta Discodrama na companhia dos seus amigos Peaches, Da Chick, Iwona Skwarek, Afonso Cabral, Selma Uamusse, Anna Prior, Xinobi e Justin Strauss, em mais de 6 horas de celebração que irão transformar a sala mais icónica de Lisboa, o Coliseu dos Recreios, numa autêntica pista de dança.

No primeiro acto, dedicado ao disco Flora que em 2022 completa 10 anos, Moullinex recebe Da Chick, a contagiante e incontornável colega da Discotexas; Iwona Skwarek, cantora polaca integrante do projecto Rebeka, com quem tem trabalhado desde 2011; e Peaches - que regressa a Portugal após um espetáculo apoteótico há semanas no festival MEO Kalorama, no mesmo dia e no mesmo palco em que Moullinex atuou, aguçando o apetite para esta atuação conjunta ao vivo.

No segundo ato, apresentando o seu último álbum Requiem for Empathy, Moullinex convoca os convidados Afonso Cabral - conhecido pelo seu trabalho enquanto vocalista dos You Can’t Win, Charlie Brown - e Selma Uamusse, com quem partilha além da música uma grande amizade, e que não poderia faltar a esta celebração. Na opinião da cantora moçambicana “…fazermos uma canção juntos tem sido das experiências mais emotivas, que ganha sempre forma especial ao vivo”.

Para encerrar Discodrama, o terceiro ato é um verdadeiro tributo à amizade, às intersecções musicais e à partilha do mesmo amor pela pista de dança. Anna Prior, baterista inglesa dos Metronomy, que é também DJ e conta com vários seguidores fiéis às suas explorações sonoras, junta-se à celebração.

Uma das maiores referências de Luís Clara Gomes, Justin Strauss, o veterano DJ nova-iorquino, marca presença na grande festa com a sua música, que produz desde 1980.

Xinobi, o grande cúmplice de Moullinex, tornou-se indissociável de uma nova cultura clubbing em Portugal surgida algures na primeira década deste século e em muito impulsionada pela Discotexas, a editora que ele próprio criou em 2007, com Moullinex.

Moullinex, alter-ego de Luís Clara Gomes, desenvolve o seu trabalho como produtor, DJ e é também multi-instrumentista. Foi a olhar para as estrelas que chegou à música electrónica. A sua paixão pela astronomia levou-o à investigação nessa área mas também em neurologia. A ciência abriu-lhe caminho até à música electrónica e é nesta interseção que cria a música que tanto ganha vida nas pistas de dança, como leva à introspeção que a intimidade dos headphones permite.

Desde contemplações melancólicas na electrónica, à house e disco mais exuberantes, o seu trabalho tem colhido rasgados elogios entre o público e a crítica, assumindo-se como uma referência essencial na música portuguesa contemporânea.

 

Ver mais »

WOMEX - WORLDWIDE MUSIC EXPO 2022

Música & Festivais | Festival 20 out 2022 às 21:00

De 20 a 22 de outubro, vai poder assistir a 14 artistas, até ao limite da lotação existente no Coliseu dos Recreios e Lisboa ao Vivo (LAV).

Paralelamente à música, vai poder ainda assistir a um ciclo de filmes ligados ao meio da música na Cinemateca Portuguesa. Veja mais sobre a programação em: https://www.womex.com/programme/showcases

Troque o seu passe por pulseira nos dias 19 de outubro entre as 13H00 e as 21H00, dias 20 e 21 de outubro entre as 15H00 e as 00H00, no átrio do Coliseu dos Recreios.

Ver mais »

TIM BERNARDES

Música & Festivais | Concerto 23 out 2022 às 21:30

Nome que chama a atenção desde a sua estreia com o grupo O Terno, Tim Bernardes consolidou-se como um dos principais compositores do Brasil ao lançar o seu primeiro disco-solo, Recomeçar (2017) – indicado ao Grammy Latino. O artista que transita com frequência e naturalidade entre o indie e a MPB, colabora e escreve canções para artistas do calibre de Gal Costa e Maria Bethânia.


Recentemente, uma parceria de Tim Bernardes com Erasmo Carlos ganhou forma pela voz de Alaíde Costa. Para além de ter arrancado elogios de Caetano Veloso, o cantor e compositor também chamou atenção fora do Brasil, sendo mencionado e impulsionado por artistas como Devendra Banhart e pelo grupo BadBadNotGood. Esta experiência internacional ganhou uma maior dimensão com a participação nos concertos da digressão americana dos Fleet Floxes.


Recentemente, Tim Bernardes lançou o seu segundo álbum a solo, Mil Coisas Invisíveis, disco que o artista equipara a um livro. Com muito texto e músicas extensas, o álbum soa a ensaios, evidenciando o artista como um excelente pensador.


Instagram.com/timbernardes

Facebook.com/timbernardesoficial

Youtube

Spotify

Ver mais »

SALVATORE ADAMO | 60 ANOS DE CARREIRA

Música & Festivais | Concerto 27 out 2022 às 21:00

Conhecido por êxitos como Tombe la Neige, Cest Ma Vie, F... Comme Femme, JAime ou ainda La Nuit, entre muitos outros, Salvatore Adamo, que marcou a geração francófona dos anos 60 e 70, sobe ao palco do Coliseu de Lisboa, a 27 de outubro.

 

Com 60 anos de carreira, mais de 100 milhões de discos vendidos e com 25 álbuns de originais, Salvatore Adamo apresenta um concerto romântico, onde destaca a sua vertente sentimental e poliglota, uma das suas imagens de marca, sendo que já gravou em nove línguas diferentes.

 

Esta será uma noite intensa e repleta de emoções, e mais uma oportunidade de ver ao vivo o mundialmente prestigiado a aclamado cantor Salvatore Adamo.

Um espetáculo a não perder!

Ver mais »

EVARISTO

Teatro & Arte | Comédia 28 out 2022 às 21:30

Devido à especificidade do nosso espectáculo informamos que o mesmo passará para o palco do Coliseu dos Recreios. Assim ao partilharmos o palco com o nosso público vamos ter mais hipóteses de interação e de vos proporcionar momentos de improviso mais intensos. Estaremos mais próximos e ambos partilharemos o mesmo palco, improvisadores e público numa ode ao teatro de improviso.

 

Evaristo, no Coliseu! Será uma estreia d Os Instantâneos no palco do Coliseu dos Recreios com a peça Evaristo Inspirados por pequenas histórias contadas pelo público, os Instantâneos levarão o público numa inesquecível viagem improvisada aos "portugueses" anos 40 . Evaristo onde tudo poderá e irá acontecer. Os Instantâneos prometem uma noite memorável e única, completamente improvisada e criada no momento. Os Instantâneos contam com 10 anos de existência, são os criadores do único Festival Internacional do Improviso a nível nacional e uma das referências internacionais da improvisação teatral de Portugal.

Ver mais »
1 | 2 | 3 | 4 | 5

Que espectáculos gostaria de ver no coliseu:

Responder
Agenda de Espectáculos
«outubro de 2022»
sábdomsegterquaquisex
24252627282930
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Produzido por ETNAGA para Coliseu dos Recreios - Todos os Direitos Reservados

Principais Apoios:

BOL - Sistema de Gestão de Bilheteiras
 

Arch Enemy 2022 Plasmas